22bet

Itália seguirá França em barreira para impedir elétrico chinês

dr 10 icar 1

A França foi o primeiro país da União Europeia a anunciar mudanças na política para carros elétricos de forma a reduzir a entrada em massa de veículos oriundos da China.

Como a União Europeia impede o bloqueio de entrada de veículos apenas por conta da origem, oficialmente os carros elétricos chineses podem ingressar sem restrições no bloco.

Agora, a Itália também sinaliza seguir a França em uma mudança de postura diante dos carros elétricos chineses, o que chama bastante atenção nesse caso.

O motivo é que a Itália sempre foi uma porta de entrada para carros chineses na Europa, diferente de França, Espanha, Portugal, Alemanha ou Reino Unido, por exemplo.

Na península itálica, marcas como Great Wall, Chery e JAC alcançaram os italianos direta ou indiretamente, como na italiana DR Motor, por exemplo.

Lá, por exemplo, houve a polêmica envolvendo um carro da GWM e o Fiat Panda, num momento em que os carros chineses não tinham qualquer chance de se dar bem no continente.

Agora a coisa mudou e a Itália, tradicionalmente sempre receptiva aos chineses, deverá alterar as regras e provavelmente fará o mesmo que a França para não violar os acordos da OMC, Organização Mundial do Comércio, existindo apenas um carro, o do “poço à roda”.

Bruno Le Maire, Ministro da Transporte, comentou: “Esta reforma vai permitir-nos reservar o apoio público aos carros elétricos que tenham a melhor pegada ambiental. Será tida em conta a pegada de carbono da produção de aço, alumínio e outros materiais necessários ao fabrico de automóveis, como o vidro, bem como a transformação e posterior montagem destes materiais”.

A Itália quer voltar a ter uma produção local de 1 milhão de carros por ano e medidas como essa visam proteger a indústria local.

Na França, a ministra da Transição Energética, Agnès Pannier-Runacher, comentou que “a transição energética deve permitir a criação de fábricas e empregos em França. Ao impor um critério ambiental aos títulos verdes, damos uma vantagem às empresas que se esforçam para reduzir a sua pegada ambiental”.

[Fonte:ANE]

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




unnamed
Autor: Ricardo de Oliveira

Com experiência de 27 anos, há 16 anos trabalha como jornalista no 22bet, escreve sobre as mais recentes novidades do setor, frequenta eventos de lançamentos das montadoras e faz testes e avaliações. Suas redes sociais: Instagram, Facebook, X

22bet Mapa do site