Tiger game

Estes são os carros usados que mais demoram para vender, nos estoques das lojas dos EUA

Kia EV6 GT variant
Kia EV6 GT variant

Assim como está acontecendo no Brasil, o mercado de carros usados está se estabilizando, depois de um período muito doido, na pandemia, onde parecia que os carros de repente começaram a valer ouro.

O estoque de carros novos está aumentando, o que facilita para aqueles que querem se livrar de seus modelos usados.

Como consequência, o mercado passa a ter uma quantidade maior de carros usados disponíveis, e eles começam a demorar mais para vender.

Um estudo feito no mercado dos EUA, pela empresa iSeeCars, mostra o tempo que cada carro demorou para vender, apenas carros usados, no último mês de outubro.

grand cherokee 4xe 1 1
grand cherokee 4xe 1 1

De uma maneira que não tinha sido prevista pelo mercado, os carros elétricos são aqueles que levam mais tempo para achar um comprador.

Os carros a gasolina estão levando menos tempo para a saída, em 2023, se compararmos com 2022, são 49 dias de média, contra 55 dias no ano anterior.

Os carros híbridos estão levando 46 dias para a venda, e os elétricos ficam nos pátios por 55 dias, até acharem um novo lar.

Os números dos elétricos mudaram bastante, pois em 2022, cada um era vendido em 37 dias.

ford f 150 lightning fighter country edition 1
ford f 150 lightning fighter country edition 1

Mas, quais são os carros mais difíceis de vender nos EUA atualmente?

Veja a lista:

Maserati Quattroporte: 137 dias
Kia EV6: 95 dias
Jeep Grand Cherokee: 93 dias
Land Rover Discovery Sport: 83 dias
Audi A5: 83 dias
Maserati Ghibli: 82 dias
Mercedes-Benz Classe C conversível: 80 dias
Ford F-150 Lightning: 78 dias
Infiniti Q60: 75 dias
Polestar 2: 73 dias

Karl Brauer, da iSeeCars, destaca que a maioria dos carros ruins de venda são modelos premium ou elétricos.

Os piores são o Maserati Quattroporte, e o Kia EV6, levando mais do que o dobro de tempo para vender, do que a média. Logo depois, chega o Jeep Grand Cherokee, com um tempo 1,9 vezes maior.

O Maserati do topo da lista é compreensível de se ver ali. É um modelo que não tem um nome tão forte no segmento premium, e ainda é muito caro para o cidadão comum comprar.

E a versão elétrica da Ford F-150 também está bem ruim no mercado. Como ela é o carro mais vendido dos EUA, é como se uma versão elétrica do Onix ou do HB20 fosse um dos modelos mais complicados de se vender no Brasil.

No nicho dos híbridos, a BMW X5 híbrida e o Toyota Highlander Hybrid são as exceções, vendem muito fácil.

E nos elétricos, os modelos da Tesla, juntamente com o Chevrolet Bolt, não encontram problemas para serem vendidos.

google news2Quer receber todas as nossas notícias em tempo real?
Acesse nossos exclusivos: Canal do WhatsappeCanal do Telegram!

O que você achou disso?

Toque nas estrelas!

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.




Autor: Eber do Carmo

Fundador do Tiger game, com atuação por três décadas no segmento automotivo, tem 18 anos de experiência como jornalista automotivo no Tiger game, desde que criou o site em 2005. Anteriormente trabalhou em empresas automotivas, nos segmentos de personalização e áudio.

Tiger game Mapa do site